Indico: depoimento de uma mãe sozinha comprando o enxoval de bebê nos Estados Unidos



Primeiro gostaria de mudar o nome da empresa de Mommy’s Concierge para Mommy’s Sister. Porque foi exatamente o que vocês foram pra mim… Irmãs.

Quando descobri que estava grávida eu quis realizar um sonho: Dar a minha primeira filha um enxoval lindo de viver com tudo do bom e do melhor, só que morando no Brasil (especificamente no Rio de Janeiro) isso seria inviável porque eu e meu marido estamos naquela fase de construção de vida com mil contas para pagar (finalização de obra do nosso primeiro apartamento, pagando a mobília do mesmo, enfim… com o orçamento todo comprometido).

 

Diferença de preço

Mas, se tivesse escolhido comprar o enxoval aqui no Rio eu só teria duas opções: Ou compraria coisinhas baratas com beleza e qualidade inferior ao que teria se comprasse nos EUA, ou compraria o tal do “tudo do bom e do melhor” e pagaria o triplo do valor (digo isso pq pesquisei e comparei preços até dizer chega). Um exemplo de valor foi o copinho da Philips Avent que paguei $5 e aqui no Rio numa loja na Barra da Tijuca custa R$50, ou o carrinho Quinny Buzz que aqui custa R$4,999,90 (site do submarino e Americanas.com) e eu paguei $600 incluindo o bebê conforto. Nem sonhando teria condições de pagar quase R$5 mil num carrinho de bebe.

photo 4 copy

Pesquisas na internet

Nas minhas andanças pela internet descobri que muita gente está viajando pra fora do país para fazer o enxoval do bebe, então pensei: Porque não eu? Ai começou minha saga, pensei em programar uma viagem com o marido e aproveitar para fazer nosso ultimo passeio a sós… mas daí gastaria o que não estávamos podendo no  momento, então risquei o marido dos meus planos, daí minha irmã se prontificou a ir comigo como companhia (lógico que atras da bondade dela em me acompanhar, pagando a própria passagem e tal, tinha o interesse em fazer compras para ela também, lóóógico), só que na última hora ela teve que desistir por causa do trabalho dela. E eu pensei ferrou!!!

Foi ai que li num blog o depoimento de uma mulher (leia aqui o depoimento) que fez o enxoval em Miami e foi sozinha e estava na mesma semana de gestação que eu, ela conta no blog que contratou o serviço de uma tal de Mommy’s Concierge e que foi tudo lindo.

Eu achei que pagar alguém só para me acompanhar nas compras seria luxo demais e um gasto desnecessário até porque eu já tinha minha lista de enxoval montada e não via necessidade de alguém fazer uma nova lista pra mim e me acompanhar nas lojas, com esse dinheiro eu compraria mais coisas pra minha filha.

Só que a diferença da mulher do blog pra mim é que ela é experiente em viagem e fala ingles, eu nunca andei de avião e muito menos falo inglês. Mas eu não tive escolha, se quisesse mesmo realizar esse sonho de comprar as coisas fora do país eu teria que ter alguém comigo porque grávida, sem inglês e sozinha em Miami não seria nada legal. E se ela conseguiu eu também consigo.

 A escolha

Então me atirei com a cara e a coragem, mandei um email e contratei o serviço da tal Mommy’s Concierge (eu prefiro Mommy’s Sister rsrs). A intenção era mais ter companhia do que me ajudar a fazer o enxoval em si (eu já tinha minha própria lista de enxoval, lembra?)

Meu primeiro contato foi com a Carol (a criatura mais gentil e paciente que já vi na vida) eu enchi o saco dela com milhões de perguntas, com mil dúvidas e ela respondeu todas com uma paciência de monge. Meu segundo contato foi com a Lory pelo Skype e ela me provou que minha lista de enxoval estava uma titica (super pequena e incompleta)… ela entrou no meu login no site Amazon e fez uma faxina, trocou um canguru de $135 que eu tinha escolhido por outro lindo, tão bom quanto o que escolhi e que custava $25, tirou coisas, acrescentou outras que eu jamais pensei em comprar e que seriam bem úteis pra mim. Enfim, ali comecei a perceber que estava no caminho certo.

A desconfiança

A Lory me disse que quem iria me acompanhar nas lojas seria a consultora Daniela Pardini… então eu pensei: Jeeeeesus! quem será Daniela Pardini ?????? (porque eu só conhecia a Lory, Carol e Patricia dos depoimentos que lia na internet). A Lory disse que ela era ótima e que era pra eu ir despreocupada (Rá! é óbvio que ela iria dizer que a tal Daniela era boa). Mas eu também não iria julgar o livro pela capa, pra saber se ela era boa mesmo só indo e conhecendo.

Cara, foi a MELHOOOOOOR COISA QUE FIZ NA MINHA VIDA.

photo 3 copy

A experiência

Uma verdadeira irmã de aluguel e que minha irmã me perdoe, mas a tal Daniela foi simplesmente INCRÍVEL, melhor do que se tivesse ido com minha própria irmã (ahhh se minha irmã lê isso… vai se roer de ciúmes). A preocupação dela em arrumar agua pra mim ao chegar na loja, sempre com um pacotinho de amêndoas, noses ou sei la o que para eu não ficar muito tempo sem comer, o cuidado de não me deixar carregar peso e uma experiência em coisas pra bebe divina… também com dois filhos no currículo e fazendo enxoval toda hora, óbvio que ela entende do assunto.

Contra tempos

Nessa viagem tive dois momentos ruins: Um foi o carrinho de bebe que o amazon não efetuou a compra, ou seja, estava sem o carrinho e mais uma vez a Dani (a intimidade kkkk) esteve presente, a consultoria foi durante 2 dias; segunda e terça e mesmo assim, mesmo com compromissos, ela se prontificou a ir comigo na quarta-feira na loja para comprar outro carrinho.

Me deu dicas de como arrumar a mala, me orientou e me tranquilizou quanto a volta para casa e estava sempre ligando para saber se eu estava bem… coisa de irmã.

O segundo momento ruim foi a minha ilusão de pensar que sozinha conseguiria fazer as malas. Não sei onde estava com a cabeça para pensar que seria moleza fazer malas: “Eu não vou pagar alguém para fazer uma coisa que eu posso muito bem fazer sozinha” foi meu pensamento inocente no momento. Eu só esqueci de um importante detalhe: estou grávida! e fazer coisas como pegar peso e abaixar toda hora está impossível na minha atual condição física. Ou seja, depois de insistir, colocar e tirar coisas da mala, trocar de uma mala para a outra, quase sair no tapa com o carrinho para ele entra na mala… eu pedi arrego, minha barriga começou a doer e eu cai no choro (é, chorei mesmo porque sou mulher, sou sensível, me senti sozinha e me estressei). Então lá fui perturbar a Lory mais uma vez e mais uma vez o espirito “irmã” veio em meu socorro.

Arrumando as malas

Ela conseguiu que a Carol fosse no dia seguinte me ajudar. Detalhe: eu iria embora exatamente no dia seguinte, não ia dar tempo da Carol fazer minha mala porque o check-out do hotel era 12h. Mas… ela conseguiu e arrumou tudo, pesou a mala e me ajudou a descer com as malas no incrível tempo de 1h e meia.

Ela fez em UMA HORA E MEIA o que eu levei 8 horas e não consegui fazer. O meu resumo disso tudo é que valeu a pena pra CACILDA (pra não falar palavrão) pagaria tudo de novo, e de novo e de novo. A consultoria e a arrumação da mala.

photo 2 copy

Resumo

Eu não sou a She-ra e precisei largar o espirito “mão de vaca” e pagar. Paguei pra não sofrer, paguei para economizar (conseguimos $402 de descontos). Fiz o enxoval do jeito que eu queria. Eu juro que se não tivesse contratado vocês eu iria passar o maior sufoco da minha vida e essa viagem seria um fiasco. E ao chegar em casa e refazer minhas contas de quanto gastei nessa viagem (passagem, hotel, consultoria, seguro viagem, passaporte, visto, alimentação, o enxoval em si e a arrumação das malas) eu pude confirmar que fiz um maravilhoso negócio. Gastei menos da metade do que gastaria comprando aqui no Rio.

 

Agora vou me programar para fazer uma nova viagem em breve e dessa vez levar o marido, tadinho. E vou perturbar vocês de novo (comprar com descontos é uma delicia hahaha).

photo 1 copy

 

Obrigada de coração Lory, Carol e Dani… minhas irmãs de aluguel. Vocês me ajudaram a realizar um sonho. Desejo sucesso e muita luz para vocês.

Nathalie Cossich – Rio de Janeiro / RJ