Vou precisar de uma bombinha tira-leite?



Muitas das clientes Mommy’s Concierge sempre perguntam, será que vou usar a bomba? Sempre orientamos a comprar se a mãe planeja amamentar, pois torna esta tarefa mais leve dando uma certa liberdade para os pais. Vamos ver o porque uma bomba de tirar leite pode ser útil:

Dica de ouro na escolha da Bomba para tirar o leite materno 4

  • Na volta ao trabalho, para que o bebê continue a aproveitar os benefícios do leite materno pelo máximo de tempo;
  • Para aumentar a produção de leite;
  • Para ajudar na amamentação de quem tem mamilos invertidos;
  • Para manter a produção de leite materno no caso de bebês prematuros que demoram um tempinho para poder mamar no peito;
  • Para dar um alívio e facilitar a cicatrização no caso de mamilos machucados;
  • Para que alguém possa dar o leite para o bebê enquanto a mãe dorme mais um pouco ou dá uma saidinha para espairecer e mudar de ares

Quais são os tipos de bombinha para ordenhar o leite?

Existem vários tipos no mercado! Veja qual deles atende melhor as suas necessidades!

Vou precisar de uma bombinha tira-leite?

Bombinha manual

Com a bombinha manual, você aciona ritmadamente uma alavanca, em um dos seios, para tirar o leite. Algumas permitem que você use uma mão só, mas outras exigem o uso das duas mãos.

Vou precisar de uma bombinha tira-leite? 2

  • Vantagens: É barata, simples e fácil de carregar. Você é quem controla a força da sucção. Não exige tomada ou pilha. É silenciosa (para quem tem coordenação motora suficiente, dá para tirar o leite de um peito enquanto o bebê mama no outro).

 

  • Desvantagens: Demora mais para tirar o leite. Algumas mulheres não conseguem pegar o jeito.

 

Atenção: não use bombinhas com um êmbolo de borracha, que parecem uma buzina de bicicleta. A borracha pode ser um ambiente propício para a contaminação por bactérias.

 

Bombinha elétrica ou a pilha simples, de um lado só

A bombinha simples elétrica ou a pilha é bem parecida com a manual, mas elimina a necessidade de acionar a alavanca. Pode ser útil para quem teve problema de dor nas mãos na gravidez e ainda não se recuperou.

Vou precisar de uma bombinha tira-leite? 2 4

  • Vantagens: É leve, fácil de carregar e mais barata que as elétricas profissionais. Não cansa as mãos.

 

  • Desvantagens: A rapidez para tirar o leite é comparável à das bombinhas manuais. A elétrica exige a presença de uma tomada, e a movida a pilha exige trocas frequentes. Embora mais barata que as bombinhas duplas ou profissionais elétricas, é mais cara que a manual. A sucção não é controlada pela mãe, embora haja alguns modelos com diferentes níveis.

 

Bombinha elétrica dupla para uso doméstico

É uma bomba elétrica que consegue extrair leite dos dois seios ao mesmo tempo, mas custa caro no Brasil. Nos Estados Unidos é bem mais acessível. Mais indicada em caso de gêmeos.

Vou precisar de uma bombinha tira-leite? 2 1

Alguns tipos dessas bombinhas podem ser alugados nas grandes cidades.

 

  • Vantagens: É rápida, confortável e muito eficiente. Em alguns casos imita o padrão de sucção do bebê, num sistema inteligente. Não cansa as mãos.

 

  • Desvantagens: Custo alto (o aluguel pode ser uma opção). Exige tomada ou que a bateria seja carregada. Não é muito pequena, mas costuma vir numa mochila.

 

Bomba elétrica profissional hospitalar

Não faz nem sentido pensar em comprar uma, pois ela é caríssima. Mas ela pode estar disponível para uso em bancos de leite ou para aluguel em grandes cidades.

Vou precisar de uma bombinha tira-leite? 2 3

  • Vantagens: É muito rápida e eficiente.

 

  • Desvantagens: É cara e pesada (uma delas pode pesar até 8 kg!).

 

Posso alugar uma bomba tira-leite?

O serviço de aluguel de bombinhas tira-leite é comum em outros países e já existe no Brasil, normalmente nas cidades maiores. Um bom local para conseguir informações é na maternidade.

Autoridades sanitárias dos EUA alertam que, para ser alugado, o produto não pode trazer na embalagem ou no manual a especificação de que se trata de uma bomba para um usuário só (single user, em inglês). A explicação é que as partes não-laváveis de certas bombas podem ficar contaminadas por vírus (como o da hepatite, HIV ou citomegalovírus) ou bactérias presentes no leite materno de outra pessoa.

Bombas hospitalares podem ser alugadas sem problema, porque já foram projetadas para o uso de mais de uma pessoa.

Algumas empresas de aluguel permitem que a mãe experimente os equipamentos antes de se decidir por um. É a melhor coisa a fazer. Quando estiver lá, pergunte absolutamente tudo sobre o uso da bombinha.

Lembre-se também de que as bombinhas são boas, mas não são mágicas. Pode demorar um pouco para você e o seu corpo se acostumarem com ela. Procure relaxar quando estiver experimentando, e saiba que com o tempo vai sair bem mais leite. Concentre-se na sensação (se é agradável, confortável ou incômoda).

 

Vou precisar de algum acessório?

Em primeiro lugar, você vai precisar de copinhos ou mamadeiras para dar o leite ao bebê. Além disso, pode precisar também de:

Como armazenar, congelar e usar o leite materno?

  • Potes para guardar o leite. Existem potinhos próprios, que já se acoplam nas bombinhas. É bom ter um ou dois desses, mas você pode usar também qualquer pote de vidro, desde que a tampa seja de plástico. Basta esterilizar o material. Se for congelar o leite, lembre-se de não encher o pote até a boca.
  • Esterilizador para microondas ou panela para esterilizar as partes móveis e laváveis da bombinha.
  • Bolsa térmica e bolsa de gelo para manter o leite fresco durante o transporte.