SOS! Volta da barriga no pós-parto



Passo a passo com exercícios seguros elaborado pela Personal Gestante Gizele Monteiro

 

Uma das partes do corpo que mais demora ou talvez, muitas vezes, nem volte ao normal é a barriga da mulher após a gravidez.

E mesmo com toda alegria da nova vida de mãe, não há mulher que não sofra por essa causa quando vê sua barriga.

Mas será que tem como ter a barriga das celebridades?

Calma! Há como conquistar uma barriga mais firme e de volta ao seu lugar com as dicas preciosas que elaborei para você. “Em alguns casos eu diria que podem ficar até melhor do que antes, pois muitas mulheres não davam atenção a essa região e não faziam exercícios”.

“Após a liberação médica e cautela nos movimentos, desenvolvemos uma série indicada especialmente para o pós-parto. Iniciar os exercícios abdominais no pós-parto requerem cuidados especiais, afinal seu corpo mudou muito nessa região durante a gestação. Estou dando dicas para você iniciar esse retorno com mais segurança e também se empolgar na prática de exercícios, que com certeza serão grandes aliados para acelerar a volta do seu corpo.

Os exercícios devem ser realizados com muita atenção, pois a musculatura da região passou por um processo de adaptação ao longo de nove mês, está sensível e a força do local tem que ser recuperada aos poucos, sem exagero nas séries. Não podemos deixar de lado a alimentação equilibrada e exercícios de queima calórica com as caminhadas, elíptico, step”, inicia Gizele.

 

Abdominais do treinamento funcional – super modernos e seguros para o momento de recuperação do pós-parto

 

Exercício 1 – recuperando o controle da contração abdominal

 

20130330_121506

Sentada em uma bola suíça* ou cadeira – *só usar a bola se já tiver experiência com esse tipo de material. O exercício realizado na cadeira também é muito eficiente.

Coloque o tronco em postura ereta com a coluna toda alinhada. Faça uma contração abdominal com o movimento simples de encolher o abdômen. Expire (solte o ar) cada vez que encolher a barriga e inspire (puxe o ar) cada vez que relaxar. Faça 5 movimentos, descanse por 15 segundos e faça mais 5 movimentos.

Importante: Não bloqueie a respiração em nenhum momento do exercício!

Exercício 2 – intensificando o controle do abdômen

20130330_121623

Sentada em uma bola suíça* ou cadeira – *só usar a bola se já tiver experiência com esse tipo de material. O exercício realizado na cadeira também é muito eficiente.

Sente-se em postura ereta, semelhante ao exercício anterior.

Após conseguir realizar as contrações do exercício anterior, mantenha a contração do músculo abdominal por 10 segundos – sem bloquear o ar. Inspire e expire durante o tempo todo de contração. Ao mesmo tempo em que mantiver a contração, eleve um dos pés do solo, mantendo o joelho estendido e a perna na linha do quadril.

Descanse por 15 segundos. Faça uma vez cada lado.

 

Exercício 3 – intensificando o controle do abdômen aumentando o grau de dificuldade

20130330_121925

 

Sentada em uma bola suíça* ou cadeira – *só usar a bola se já tiver experiência com esse tipo de material. O exercício realizado na cadeira também é muito eficiente.

Sente-se em postura ereta, semelhante aos exercícios anteriores.

Após conseguir realizar as contrações do exercício anterior, mantenha a contração do músculo abdominal por 10 segundos – sem bloquear o ar. Ao mesmo tempo em que mantiver a contração, eleve um dos pés do solo, mantendo o joelho estendido e a perna na linha do quadril. Juntamente com a perna elevada, projete os 2 braços estendidos à frente.

Expire e inspire durante toda a contração. Descanse por 15 segundos. Faça uma vez com cada perna.

 

Benefícios dos exercícios após a gravidez

 exercicios pos parto

Realizar exercícios no pós-parto apresenta inúmeros benefícios. Além de dar mais disposição para a mamãe irá ajudá-la a retornar ao peso.

Veja a lista e inspire-se para ter uma vida ativa no pós-parto.

Seu bebê irá agradecer por você cuidar de você e dele.

  • Ajuda na recuperação do peso
  • Ajuda na recuperação do corpo te deixando com melhor tônus e postura
  • Ajuda na recuperação da barriga
  • Restauração da força e da resistência muscular
  • Melhora da auto-estima, humor e disposição
  • Prevenção e auxílio no tratamento de depressão
  • Fortalecimento do assoalho pélvico – muitas apresentam enfraquecimento desses músculos pelas ações hormonais e peso do útero com o bebê
  • Alívio de dores e desconfortos que podem aparecer nessa fase, como a dor nas costas e outras
  • Fortalecimento de braços para os cuidados com o bebê

Gizele Monteiro