A importância do contato pele a pele do bebê com a mãe



Nos cursos de gestante sempre comento que a transição da vida fetal para a neonatal representa um dos mais dinâmicos e difíces períodos das nossas vidas.

Nascer é se tornar independente, pelo menos do ponto de vista fisiológico. É a transformação de um organismo amplamente dependente em termos de funções básicas como “respirar” e se manter nutrido para a autonomia funcional, com necessidade de um intenso ajustamento que requer desde horas até dias para se completar.

primeiro contato