Dietas vegetarianas x Crianças



Nos últimos anos, a popularidade do vegetarianismo tem crescido bastante, inclusive entre crianças influenciadas por habitos familiars e adolescentes em idade escolar. O pediatra deve sempre alertar mães e crianças sobre as particularidades das dietas vegetarianas, que normalmente tendem a ser ricas em gordura e fibras, e pobres em colesterol e calorias.

Se o seu filho está seguindo uma dieta vegetariana, converse sempre com o pediatra, na maioria dos casos a reposição de algumas vitaminas e ferro serão importantes para proteger a criança contra deficiências nutricionais. Existem vários graus e tipos de vegetarianismo, e o rigor da dieta irá determinar se o jovem é vulnerável ou não a deficiências nutricionais.

vegetariano 2

Existem variações entre os tipos de dieta vegetariana, podendo incluir ou não ovos, laticínios e alimentos vegetais, por exemplo os lacto-vegetarianos que comem produtos lácteos e alimentos vegetais, mas não ovos, os Vegans que comem apenas alimentos vegetais, sem ovos ou produtos lácteos, cada tipo deve ser avaliado individualmente para que se necessário inicie-se algum tipo de suplementação.

As crianças podem ser bem nutridas em todos os tipos de dieta vegetariana, mas o equilíbrio nutricional é muito difícil de se alcançar se os produtos lácteos e ovos são completamente eliminados. Os vegetarianos, por vezes, consomem quantidades insuficientes de cálcio e vitamina D, qdo removem de sua dieta produtos lácteos.

Além disso, por causa da falta de carne, vegetarianos, por vezes, têm uma ingestão de ferro inadequada. E também podem consumir quantidades insuficientes de vitamina B-12, zinco e outros minerais. Se sua ingestão calórica também é extremamente baixa, isso pode causar um atraso no crescimento e no ganho de peso.

Os vegetarianos precisam de fontes protéicas adequadas. Como resultado disso você precisa garantir que seu filho receba de forma equilibrada os aminoácidos essenciais. Como orientação geral, a sua ingestão de proteínas deve ser proveniente de mais de uma fonte, que combina produtos de cereais (trigo, arroz) com leguminosas (feijão, soja, ervilha), por exemplo, e que quando consumidos juntos, fornecem uma mistura de alta qualidade de amino ácidos.

vegetariano 1
Outros planeamento frente a reposição de vitaminas, cálcio e ferro pode ser necessário, e desta forma garantir níveis adequados de vitamina B-12, escolhendo alimentos comercialmente preparados e enriquecidos com essa vitamina. Quanto ao calcio, que está presente em alguns vegetais, em certas situações o seu filho ainda pode precisar de um suplemento de cálcio, se ele não consumir leite e outros produtos lácteos. Fontes alternativas de vitamina D também são aconselháveis se não houver leite na dieta. O seu pediatra pode recomendar suplementos de ferro, coforme a necessidade de seu filho, por exemplo em bebês prematuros.

Decidir por uma dieta vegetariana para seu filho deve ser uma decisão primeiramente discutida entre pais e familiares e deve ser dividida com o pediatra, para que desta forma a criança esteja sempre sendo avaliada e receba a dieta mais nutritiva, saudável e se preciso iniciar a reposição de vitaminas qdo necessário.

Dr. Paulo Telles