Dicas de cuidados com a pele dos bebês



Sol, chuva, banho, e uma variedade de temperaturas climáticas. Uma das maiores preocupações dos papais é com a pele do mais novo membro da família, o bebê! São necessários muitos cuidados para não causar nenhum desconforto em sua pele, mas como tomar esses cuidados? O que devo fazer?

Nos primeiros 36 meses de vida, a pele do bebê ainda é muito frágil e fácil de ser machucada. Por isso, o cuidado começa desde o nascimento. Na hora de escolher os produtos certos é necessário que todos eles sejam próprios para bebê. Não se esqueça, mesmo antes de comprá-los consulte um pediatra. Ele indicará o produto apropriado para o tipo de pele do seu bebê.

Blog Mommys Concierge - Dicas de cuidados com a pele dos bebes

O cuidado começa no banho. Utilize um sabonete com PH neutro e não dê banhos muito longos, pois a pele do bebê produz menos oleosidade que o necessário, e quanto mais tempo exposta a água, menos hidratada. Após o banho utilize um creme ou óleo de massagem para ajudar na hidratação.

Os cuidados com o rostinho do bebê são um pouco diferente, mas não são difíceis. Sempre utilize algodão para a limpeza. Para nariz e olhos, pegue algodão, embebede-o em soro fisiológico e limpe. Com as orelinhas utilize algodão envolto ao dedo e limpe as extremidades. Para o resto do rosto, utilize um sabonete com PH neutro ou algum produto indicado pelo pediatra, sem nunca esquecer o enxágüe e o protetor.

Mas e o protetor? Qual eu devo usar? O protetor solar é algo muito importante, porém até os 6 meses de idade não é aconselhado utilizá-lo. Como a pele ainda está em formação, algumas alergias podem ser desenvolvidas. Mas isso não quer dizer que não existam alternativas para proteger a pele do seu bebê. Os bonés, luvas, meias e chapéus são uma ótima dica. Por ele ser muito novinho não é aconselhado fazer muitos passeios, principalmente no período das 9 às 16 horas.

Não utilize muito os lenços umedecidos e não deixe-o com a mesma fralda por muito tempo, o excesso dos lenços pode causar irritações e a fralda as indesejadas assaduras. Fique sempre atento a pele do bebê, porém mantenha a calma, não é porque surgiu uma manchinha que será necessária a saída no meio da madrugada e a exposição a novos riscos. Mantenha a calma e procure um médio. Outra dica importante é sobre a presença de doenças genéticas na família, como a psoríase, quanto mais rápido for diagnosticado, mais fácil será o tratamento.

Durante os primeiros aninhos de vida, qualquer manchinha na pele já vira sinal de desespero. Porém antes de sair na madrugada e expor a criança a riscos maiores, mantenha a calma!!!

Post colaborativo por WSI Consultoria