A chegada do segundo filho



Já passaram quase 1 mês do nascimento do meu segundo filho! Nossa o tempo voa, hehe! E pensei em dividir com vocês como foi essa minha experiência.

Vou ser super sincera, todo mundo me dizia várias coisas de como meu filho mais velho ia reagir! Estava até assustada. Mas vou dizer que foi super tranquilo!!! Ele aceito super bem o irmãozinho! Claro que tudo é muito novo ainda, mas não pude identificar nenhuma diferença de comportamento. Para não dizer nenhuma, uma coisa que eu notei foi que ele grudou no pai. Como eu estava muito tempo com o bebê, ele se apegou muito ao meu marido.

O mais engraçado é que ele quer brincar, colocar a chupeta, dar mamadeira para o irmãozinho, hahaha, mas ele não tem noção ainda que é apenas um bebezinho. O Enrico, meu filho mais velho, ainda não completou 2 anos.

Acho que um dos fatores que ajudou foi estar com a casa cheia! Sim, a família “quase” toda veio para o nascimento do Antonio, e isso ajudou muito. Eles ficaram incumbidos de divertir o Enrico, enquanto eu cuidava do pequeno. E deu super certo! Uma coisa é super verdade: O RECÉM NASCIDO PRECISA SOMENTE DE CUIDADOS, MAS O IRMÃO MAIS VELHO PRECISA DE ATENÇÃO E CARINHO!

A ANSIEDADE

Estava muito preocupada antes do parto de como seria ter um segundo filho. Mas com certeza é muito mais fácil do que o primeiro, hehe. No segundo, nós já estamos acostumados, já sabemos os cuidados e a rotina, e principalmente o que vamos enfrentar pela frente. É claro que é muito mais cansativo (o marido precisa ser participativo, e graças a Deus, o meu é super!!!), mas tiramos de letra!

NA MATERNIDADE

Outro medo constante era de como ia ser a reação do meu mais velho quando viesse a maternidade me visitar e conhecer o irmãozinho. Mas foi bem tranquilo até!!! Acho que ele não percebeu a situação, haha. Achou tudo muito divertido.

Resolvi traze-lo no dia seguinte do parto, pois eu já estava mais recuperada! É super importante deixar seu filho mais velho como uma pessoa de super confiança, pois você não terá muito tempo de se preocupar ou fazer alguma coisa de longe.

EM CASA

Confesso que chegar em casa após ter um filho dá um medinho e frio na barriga. As duvidas são: E agora, vou dar conta? Como serão as coisas? Vou ter um descanso? Hahaha dúvidas que praticamente todas as mães tem. Mas os primeiros dias são os mais difíceis, mas depois tudo vai entrando nos eixos.

Outro detalhe foi que quando cheguei em casa com o novo bebê, demos um presente para o meu filho mais velho, como se fosse do irmãozinho. Ele amou e brincou dias e dias com ele.

IMG_4065

NOITES MAL DORMIDAS

Isso é um mal que não podemos evitar! O recém nascido precisa acordar a noite para comer, então nossos sonos são interrompidos constantemente! Mas isso é super normal no começo! Uma coisa super importante é a ROTINA, já falei disso neste Post. Meu filho esta com quase 1 mês e já dorme de 6 a 7 horas durante a noite.

Essas fotos foram feitas durante a sessão de fotos newborn que fizemos do Antonio! Amei o resultado!!! Vale a pena fazer! Depois vou fazer um Post de como foi ter meu filho nos Estados Unidos!

Beijos